ORAI SEM CESSAR!

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

MATEMÁTICA DA VIDA!


  
MATEMÁTICA DA VIDA!
Quando 1+1=3?
Quando um homem irresponsável se agrada de uma mulher irresponsável, jovens ou velhos, não importa a idade, se unem numa equação carnal e geram um fruto sem preparo e indesejado, estão longe das bênçãos de Deus, atraindo para si toda sorte de desagrados, pois quando a barriga aparece aquilo que não veio de amor verdadeiro se congela e a relação deteriora. 1+1=3, três vidas estragadas.
Quando 1+1=2?
Quando uma jovem esta a procura de um passa-tempo e encontra num flerte uns momentos de prazer mas não se cuidou para este desatino e engravida nem precisa se preocupar em procurar o pai que não vai encontrar. Ou como ouvi certa vez uma mãe que tinha surrado a filha e disse que não tinha batido por ela estar grávida, mas porque esta nem sabia quem era o pai. Quando 1+1=2, duas vidas que começam errado.
Quando 1+1=1?
Quando dois servos do Senhor ou mesmo duas pessoas comuns, mas responsáveis, se unem num matrimonio legitimo, como diz a palavra de Deus, “Deixará o homem seu pai e sua mãe, se unirá a sua mulher e serão uma só carne”. Essa é a matemática de Deus, uma família se constrói com obediência, consciência, respeito e amor. E ambos se tornam uma só pessoa na graça de Deus.




Ernesto Luis de Brito
Pastor Ernesto Luis de Brito

Barcarena-PA, 19/10/2011.

quinta-feira, 16 de junho de 2011

DEUS NÃO EXISTE!!!!!



É duro ter de revelar algo tão profundo;
Quantos missionários e pastores deram suas vidas;
Levando aos quatro cantos do mundo;
A Palavra de Deus;
Sofreram, choraram;
Quando não eram ouvidos;
Sorriram e cantaram ao verem pecadores;
Se arrependendo e se entregando ao Senhor;
Criam que sofreram e impuseram sofrimento;
A seus familiares, mas sentiam que valeu a pena;
E agora ouvir uma frase como esta;
É de machucar e sangrar o coração;
Se Deus não existe;
Somos como Paulo falou em 1 CO 15:19;
somos os mais miseráveis de todos os homens
Então quero te dizer algo de suma importância;
Tem um louvor que diz:
“Pregadores de rosas, preguem os espinhos também;
Preguem que Deus é amor, mas é justiça também”;
Porque para todos aqueles que morrerem sem Cristo;
Mesmo que sejam amigos do evangelho;
Mantenedores de missionários;
Pais, parentes ou cônjuges de cristãos;
Deus não existe;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;
Mas o inferno existe com certeza;
E com ele a morte eterna..



Ernesto Luis de Brito
Pastor Ernesto Luis de Brito

Barcarena-Pa, 16/06/2011.

Traição!!


Confiança não se compra;
Se conquista.
Amizade não é apenas uma palavra;
É realidade.
Quando você tem um amigo;
Você luta e morre por ele;
Não mede esforços para ajudá-lo;
Poe sua vida nas mãos deste confiantemente;
Empresta sabendo que ira receber de volta;
Não aceita que falem mal dele, o defende;
Sabe que ele faria o mesmo por ti;
Quando ele esta certo você o apóia;
E quando errado você o corrige;
Quando você esta certo ele te apóia;
Quando você esta errado ele te fala com amor;
Amigo e confiança são palavras que não são sinônimos;
Mas não existem isoladamente;
É necessário se ter um amigo de verdade;
Para se conhecer o verdadeiro sentido da palavra confiança;
Mas também é necessário se ter um falso “amigo”;
Para se conhecer o sentido da palavra traição;
Sabe porque?;;;;;;;;;;;;;?
É que um inimigo nunca te trai;
Você nunca confiaria neste;
Pode ate dizer que podemos ser traídos por namorada(o), esposa(o);
Mas seus relacionamentos íntimos;
Não estão relacionados ao seu circulo de amizade;
Então a palavra traição;
Também esta relacionada a palavra amigo;
Um falso amigo...........................................


Ernesto Luis de Brito
Pastor Ernesto Luis de Brito
Barcarena-Pa, 16/06/2011.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Vaso De Barro!

O Oleiro tem o trabalho de ir até o rio;
Escolhe o lugar certo para tirar o barro;
Faz varias bolas de barro e segue de volta para a olaria;
Escolhe uma daquelas bolas e corta um pedaço;
Passa a limpar cuidadosamente;
Tirando pedaços de madeira, grama, e pedras;
Depois começa a amassar e molhar;
Para que esta alcance a liga necessária;
Então pega essa massa preparada e continua a amassar;
Poe na roda de oleiro que a faz ficar girando em suas mãos;
Essas mãos bem treinadas na arte de trabalhar o barro;
Imagina em sua mente o modelo desejado;
Aplica seu coração na arte da confecção do vaso escolhido;
E gradativamente o vaso vai alcançando forma;
E o oleiro vai acrescentando mais massa e continua molhando;
As vezes, como esta trabalhando uma massa mole;
O processo falha, e o vaso se desfaz, ....
O Oleiro começa a moldar novamente;
Pacientemente, milímetro por milímetro,..
Esta é sua função e ele a faz com amor, ...
Pronto este processo de modelação,...
Poe tudo no forno para queimar,...
Ali o vaso pegará tempera, e segundo esta tempera,...
Ele será ou não um vaso utilizável,...
Se trincar, não presta, ...
Se tirar antes da hora, ficará fraco...
Se passar do tempo, estraga, ...
Mas passado o tempo certo na fornalha;
Estará apto a trabalhar;...
Esta é a parte do Oleiro, preparar o vaso...
Mas ao estar pronto o vaso;
Este entra no mercado,...
As vezes cai nas mãos de um artista que,...
Toma a iniciativa de terminar a obra,...
Pega aquele vaso simples e o pinta artisticamente,...
E o expõe para apreciação e nunca poderá ser utilizado;
Triste fim para um vaso, passar a vida guardado inutilmente;
Outro artista mais rico ainda, pega outro vaso;
E o recobre de ouro, e o expõe em galerias, museus,...
Outro vaso que saiu das mãos do Oleiro mas nunca será usado,...
Ainda há o vaso que foi pego para a obra e este sim,...
Se dispõe com afinco, ...
Mas é tratado de maneira tão brusca que um dia cai e quebra,...
E nunca mais tem conserto, por ter caído em mãos erradas, ...
Podia ter vida longa e muito útil, mas quebrou...
Um outro vaso foi adquirido por uma pessoa simples,...
Era barato, porem caro para quem o adquiriu,...
Este soube apreciar sua utilidade,...
E sabia quanto custou adquiri-lo,...
O utilizava mas cuidava,...
Este vaso carregava água para matar a sede,...
Ia ao mercado buscar azeite,...
Ia ao fogo preparar alimentos,...
Um vaso bem feito, e nas mãos certas, ...
Alem de muita utilidade tem vida longa.   

Ernesto Luis de Brito
Pastor Ernesto Luis de Brito
Barcarena-Pa, 01/06/2011.

terça-feira, 31 de maio de 2011

MORTE EM PROMOÇÃO!








Um pacote de morte por favor.
Que tipo?
Forte.
Curto ou longo?
Longo.  
A vontade.
Me veja um litro de morte também.
Morte Pura?
Purinha.
Branca ou amarela?
Amarela.
Pronto segundo sua vontade.
Guarde o troco para onde vou não preciso de dinheiro.
Obrigado e até a morte.







Ernesto Luis de Brito
Pastor Ernesto Luis de Brito
Barcarena-Pa, 31/05/2011.

Rumo ao (Fim do) Matrimonio!



Não se incomodava com o vento forte;
Era um alazão grande e forte;
Conquistou sua companheira pela força;
Corria como o vento;
Se impunha pelo porte varonil;
Ninguém lhe fazia obstáculo;
Ao perceber que era o centro das atenções;
Tratou de conquistar outra fêmea jovem que lhe dava atenção;
E outras com o passar do tempo,...
Foram agregadas também a sua manada;
Mas um inimigo implacável foi se aproximando;
Lentamente lhe tirando terreno;
O tempo...
E ele não percebeu que já não tinha mais o garbo inicial;
E o fôlego diminuía gradativamente...
E quando menos esperava...
Um garanhão mais novo apareceu,...
Lhe tirou as fêmeas que tinham vindo atraz do que ele tinha,...
A força, a beleza, o porte,...
Perdeu as conquistas,...
Foi atrás da antiga companheira e nem ela lhe sobrou,...
Teve de reconhecer que estava velho e sozinho...
Quis tudo e perdeu tudo...
Não valorizou a companheira de sua mocidade,...
Perdeu para si mesmo...   
  



 
Ernesto Luis de Brito
Pastor Ernesto Luis de Brito
Barcarena-Pa, 31/05/2011.

A Cada Passo!


Ia desatinado e sem pressa;
Pois que adiantava escolher o caminho;
Se todos levavam a lugar algum;
O desespero já se apossava de meu coração;
Mas dentro de mim uma voz gritava alto;
Não sabia de onde vinha, mas vinha;
Talvez de um passado já esquecido;
Talvez de uma leitura já esquecida;
Não saberia dizer como a ouvia...
Mas estava lá...
Quando quis por fim a minha vida...
Ela não deixou, se rebelou dentro de mim;
Procurei um bar onde me entregar a bebida...
Mas de novo ela dizia não;
Conhecidos traficantes me sorriam...
Mas aquela voz que vinha do fundo da memória....
Me inspirava a olhar para outro lado;
Era uma luta constante,...
Queria parar, me entregar, não via solução,...
Mas não conseguia por fim ...
Uma lembrança começou a fluir em minha mente...
Do desespero da falência de minha história...
Fluiu da minha mais tenra infância,...
Palavras doces que estavam enterradas,...
De quando mina mãe amavelmente,...
Me conduzia a igreja, e ...
Agora sim, estava me lembrando de onde vinha...
A cada passo que dava o Espírito Santo;
Que conheci na minha infância me conduzia;
A evitar a desgraça e me trazia para mais perto d’Ele;
Então aquela voz interior, tinha Nome;
E me serviu de bussola para voltar...
E voltei para Cristo...   


Ernesto Luis de Brito
Pastor Ernesto Luis de Brito
Barcarena-Pa, 31/05/2011.

NÃO ME COMPREENDEM!


Ela estava triste e chorosa, pensava consigo mesma...
“-Meus pais não me entendem;
Eu sei me cuidar, não sou mais aquela menininha bobinha;
Meus amigos e amigas;
Fazem o que querem e seus pais nem ai;
Meu amigo da “NET” sim, ele me entende;
Sabe dar valor aos meus pensamentos;
Aos meus valores; me aconselha, me elogia, ...
Tantas palavras bonitas ele me diz...
Parece que nos conhecemos a séculos...
Sabe tudo que eu penso e me apóia em todas as coisas.
Estou pronta a entregar-me a ele se ele pedir...
Até me disse que se eu quiser ir conhecê-lo;
Me mandava o dinheiro,...
Mas eu vou sem pedir nada dele,...
Vou juntar e vou...
Só quero o endereço do meu amigo;
Quando meus pais souberem já estarei voltando,...
Se eu quiser voltar, se meu amigo quiser fico com ele...
Ai sim, serei feliz de verdade, e livre...”
E foi mesmo...
Foi recebida por seu amigo com todo carinho,...
Palavras carinhosas e confortadoras;...
Aprendeu a ser livre da influencia da família,...
Aprendeu a usar drogas;...
E hoje é escrava das drogas e ...
Se prostitui para pagar ao seu “amigo”...
Pela liberdade alcançada...
 E não voltou mais para casa...     

Ernesto Luis de Brito
Pastor Ernesto Luis de Brito
Barcarena-Pa, 31/05/2011.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Qual Seu Número?

 
No inicio era só 1;
Mas para que ele não vivesse triste e sozinho;
Veio mais 1;
Logo depois para melhorar veio 1 mais 1;
Mas esses não se entenderam e 1 eliminou 1;
E ficou -1;
Os primeiros 1+1 trouxeram outro +1;
E assim perpetuaram as espécies;
Os +1 se multiplicaram;
Os -1 se multiplicaram;
E é assim até hoje;
E depois da morte os céus recebem os +1;
E o inferno recebem os -1;
Para toda eternidade;
Os  de Cristo são +1;
Os outros -1;
Qual é seu número?



Ernesto Luis de Brito
Pastor Ernesto Luis de Brito
Barcarena-Pa, 30/05/2011.

domingo, 29 de maio de 2011

O DIABO NÃO EXISTE!



O diabo não existe;
É o que ele vive tentando provar para todos;
Porque a pessoa que nisso crê;
Fica despreparada para dele se defender.
O ser humano é ruim por natureza, diz ele;
A pessoa rouba por necessidade, diz ele;
Quando acontece um estupro;
É a vitima que normalmente provocou, diz ele;
Quando uma pessoa se vicia é porque;
Era mal compreendido e se refugiou das perseguições, diz ele;
Você não precisa de igreja, para que perder seu tempo;
Vá curtir a “vida”, passear, se divertir...
Deixe a igreja para quando você estiver velho;
E não tiver mais nada para fazer de bom, diz ele;
Se o diabo não existe, Deus também não existe, diz ele;
E ainda te faz um convite...
Morra sem Cristo e vá até o inferno para comprovar;
Terás a prova que ele existe sim,...
Mas ai será tarde demais para procurar a Cristo...


Ernesto Luis de Brito
Pastor Ernesto Luis de Brito

Barcarena-Pa, 29/05/2011.